Educação Financeira

Gastar, gastar e gastar

Praticamente tudo na vida envolve dinheiro, diretamente ou indiretamente. Seu dia é permeado por coisas que custam o seu dinheiro, desde o momento em que acorda, até o momento que passa da porta da sua casa para ganhar a vida, estudando ou trabalhando.

Mas o que acontece quando todas as coisas em que você está gastando dinheiro custam mais do que você realmente ganha?

Gastar é normal, moderadamente. Mas gastar mais do que você ganha é um problema que somente você será o protagonista. Mas por que as pessoas fazem isso?

Segundo pesquisas da Forbes, um dos motivos mais relevantes é a sensação de se sentir bem. Algumas pessoas gastam dinheiro porque este ato as deixam mais preenchidas, mais felizes, seja uma bolsa nova, uma calça, um aparelho eletrônico, um celular novo ou um happy hour com os amigos.

Os fatores sociais são outra razão, uma vez que vivemos em uma sociedade materialista e “ter” significa “poder” e “status”, isso faz com que o indivíduo tente, a qualquer preço, se encaixar neste meio social, mas se esquecem que os gastos excessivos podem prejudicá-lo no futuro. A providência é um estado de consciência importante para todos nós.

Mesmo tendo facilitadores que potencializam e agravam as compras por impulso, a imprevidência e a inconsequência de se gastar dinheiro indiscriminadamente, como a facilidade em se obter um cartão de crédito, quando você perceber que está gastando além do normal ou da sua capacidade mensal, procure enxergar motivos e propósitos que não envolvam dinheiro e a compra de coisas novas.

Tem muita coisa por aí que não precisa de gastos astronômicos. Já pensou em apreciar as singelas coisas que a vida oferece?

#EducaçãoFInanceira #DicasDoCoração

Entre em

Contato

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER